terça-feira, 9 de outubro de 2007

  Pára-quedismo em ação

Esses dias, durante uma aula no laboratório de informática, notei que uma colega estava fazendo sucessivas buscas no Google, ao invés de realizar a tarefa proposta. Lá pelas tantas, olho para o lado e percebo que ela está lendo este blog (reconheci imediatamente pelos toscos risquinhos azuis à direita; nota mental: já está na hora de providenciar um novo layout para o blog).

Perguntei à colega o que ela estava fazendo ali (também conhecido como "aqui"). Ela olhou para o endereço. Olhou para o nome na parte inferior do post. Olhou para mim. Olhou para a tela. E fez uma gigantesca cara de interrogação. O motivo: a colega tinha chegado ao blog pelo Google, a partir de uma busca por um livro. E estava lá, empolgada, lendo a resenha, sem nem ao menos se dar ao trabalho de conferir quem tinha colocado aquela informação na Internet... Se eu não tivesse olhado para o lado, talvez ela nem teria se dado conta de que o texto que tinha encontrado na web, na imensa e longíqua web, tinha sido escrito por alguém que, naquele momento, estava exatamente ao seu lado...

--

Então quer dizer que é assim que funciona com todos os demais pára-quedistas do Google? Para eles, nós, macacos, somos uma grande massa de anônimos na web? Importa mais a informação buscada do que o local onde ela se encontra?

Com toda essa confusão de globalização e pós-modernidade (modernidade líquida, hipermodernidade, ou qualquer outro termo feliz para designar os confusos tempos que estamos vivendo), é efetivamente possível que eu esteja lendo o blog do meu vizinho sem nem ao menos saber a) que é o meu vizinho ou, pior, b) quem é o meu vizinho? Essa perspectiva assusta...

Marcadores: ,




Comentários:

Blogger Alex Primo disse:
Gostei do termo "pára-quedistas" de blogs. Ele é de tua criação? Olha que isso rende uma monografia!
 
Blogger Gabriela Zago disse:
O assunto rende uma monografia. Mas o termo não é original; ele circula há um bom tempo entre blogueiros, principalmente entre probloggers. O "movimento" tem até um , desenvolvido para captar os mais desatentos que fazem suas buscas via Google.
 
Blogger Carla disse:
A maioria dos pára-quedistas realmente não se importa com a fonte de informação.

Acredito que é um problema que já está a ser solucionado: aos poucos, devagar, estamos dizendo ás pessoas que cuidem com as fontes.

Como bibliotecários gritam e nunca são ouvidos pelos professores, creio que levará um tempinho até que se ensine a importância de saber identificar as fontes de pesquisa nas escolas.

Mas um dia chegaremos lá...
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Tomara! :D
 
Anonymous tiagón disse:
é, e é lindo assim mesmo. leia Bauman, leia leia.

nessa confluência líquido-moderna, a geografia não faz nenhum sentido. nem as distâncias. em grande parte, onde tu estás não faz a mínima diferença.

a questão aqui é o elo social. se não fosse o blog, a web teria jogado a busca google pra wikipedia, ou pralgum answers.com, ou pra uma livraria. dessa forma, é justo pensar que o blog tem o mesmo peso, de informação legítima, do que os outros. (claro, só estamos falando do google aqui.) e é fácil validar o fato a partir de um princípio ingênuo, de que quem faz um blog é alguém com genuíno interesse pra dispor seu tempo a favor daquilo. talvez isso seja o suficiente. o nível de interesse e envolvimento do leitor ajudam.

se vira massa? vira, claro, cai no google e o Berê até hoje paga por um post sobre masturbação feminina. mas também tem os que olham onde pisam, deixam um comentário, assinam o feed. a ferramenta funciona sem deus :D


ah, se vai trocar de template, aproveita e cria um pra MT4 :)
 
Anonymous tina oiticica harris disse:
O professor Idelber me disse uma grande verdade. Quer reconhecimento sem plágio, publica primeiro em livro e depois na Net.

Gosto do seu layout.
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Ok. MT 4. Vale partir de um modelo padrão? :)

-- Mas só porque o blogger destruiu o html que tentei colocar no primeiro comentário que fiz neste post ¬¬ (e isso fez aumentar em 7.286.176.131% a minha raiva contra a tosquice do blogger :P)

--

Castells fala em espaço de fluxos - importa mais por onde circula a informação do que a localização física dos indivíduos e das empresas.
Bauman continua na lista de 'livros por ler'. Um dia, talvez...
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Tina: faz sentido. Mas não haveria por que publicar na web se se publicou antes em livro o.0 A grande graça da coisa é publicar certas coisas apenas na web :)

E também não é tanto uma questão de querer obter reconhecimento. É algo mais para o lado de as pessoas não prestarem atenção em que tipo de informação estão lendo.

Valeu pelo ponto positivo para o layout :)
Verdana 8 na veia! :D -- Bem que a ABNT podia mudar as regras para Verdana 8, espaço simples entre as linhas, espaço duplo entre parágrafos :)
 
Blogger XD disse:
Depois de mil anos tentando lembrar o nome do teu blog, foi o Google que me ajudou! Que bom que tu continuas por aqui escrevendo!
Que fim levou Gilmore Girls? Ainda passa? Rory casou? Lorelai pariu? Hm? Me contaaaaaa!
Um beijão pra ti! Agora que te re-descobri por aqui, virei sempre.

Ass: Helia (Lorelai, tua maaaamyy, lembra? heuheuhehe)
 
Anonymous rafael gimenes disse:
Sabe, eu teria que aprender a usar melhor o google, muitas pessoas entravam no meu blog por encheção de saco minha, mas a tempos nem encho mais as pessoas simplismente entrão.
O fato curioso que um kra da minha cidade entro num post de celular que eh um dos mais acessados e eu fui arrumar a parada na casa dele heheh
foi legal.
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Pois é, e eu ontem emprestei o livro para a colega (o livro que ela estava procurando pelo Google e que a fez entrar o meu blog :P).
Função social do blog :)
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner