quinta-feira, 25 de outubro de 2007

  Trabalhar de graça para o Google

Com a nova versão do Google Tradutor, passamos a contar com mais uma opção para trabalhar de graça para o Google.

Essa versão foi totalmente desenvolvida pelo próprio Google. Mas o destaque fica por conta da opção "Sugira uma tradução melhor", que aparece logo abaixo de uma tradução efetuada pelo site. Dessa forma, o Google passa a se aproveitar da colaboração de anônimos para tentar aprimorar sua ferramenta de tradução. É nessa parte que passamos a "trabalhar" de graça para o Google.

Esse é também o mesmo princípio que rege o Google Image Labeler, um joguinho (?) no qual as pessoas ajudam o Google a "etiquetar" ("taguear"?) as imagens do Google Imagens.

Dentre as novidades do Google Tradutor, tem até o bizarro complexo sistema de Pesquisa Traduzida:

"Como funciona a pesquisa?
1. Procure por energia solar, de português para inglês.
2. Nós traduzimos sua pesquisa para "solar power" e exibimos as páginas resultantes em inglês.
3. Por fim, traduzimos as páginas resultantes em inglês de volta para o português."

Marcadores:




Comentários:

Blogger Edison disse:
São interessantes as novas adições da ferramenta de tradução.

A respeito de trabalhar de graça para o Google, se parar para pensar, em toda web 2.0 esse conceito está implícito.
Também trabalhamos de graça para a Wikipedia e mal nos damos conta.

É que automaticamente somos beneficiados com esse trabalho/esforço/contribuição.

O conteúdo colaborativo só existe graças à ferramenta. E só contribuímos, porque estamos usando a ferramenta.

Mas que é engraçado nos sentirmos mais incomodados trabalhando para o Google do que para a Wikipedia, ah isso é.
 
Blogger Gabriela Zago disse:
A Wikipedia tem todo um sentido pretensamente não comercial por trás dela. Há um senso de comunidade, um espírito de cooperação.
Já no Google a gente tem a consciência de que a contribuição irá deixar a empresa um passo mais próximo da concretização de seu plano de dominação mundial :P Por isso o pé atrás. Mas só para testar o sistema de tradução acabei não resistindo e enviando no mínimo umas três sugestões de correções da tradução :P
 
Blogger Edison disse:
A dominação mundial do Google é uma coisa curiosa, pois há muitos que querem ser dominados pelo grande G.

Mas entre o Gmail, e a ferramenta de tradução colaborativa, sou muito mais inclinado ao segundo projeto.

A barreira idiomática é um grande obstáculo da internet. Ao chegarmos em um ponto de tradução natural, o conteúdo escrito por um ser humano será universal, e o acervo de documentação disponível aumentará incrivelmente.
 
Anonymous vejo tudo e não morro disse:
sacam o Esperanto? uma época eu estudei esse idioma. acho super interessante a proposta de um idioma universal, sem pátria.
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner