terça-feira, 5 de junho de 2007

  Falta de foco

Ontem, apresentando o projeto de projeto experimental (algo como... “resuma tudo o que foi planejado durante o semestre em 5 minutos* de exposição oral”), fiquei meio frustrada porque não tenho um objetivo definido na vida acadêmica. É mais ou menos assim: meus colegas apresentaram seus trabalhos com uma certa paixão, com aquele ar de certeza de que é aquilo que pretendem fazer para o resto da vida. Nós não. Estamos empolgadas com a idéia, mas nenhuma de nós pretende passar a vida toda em função disso.
Com o término da faculdade se aproximando, preciso pensar em temas para TCCs e coisas do tipo. Mas estou tendo uma dificuldade imensa em definir o que quero fazer. Muita coisa me interessa, e não consigo estabelecer um foco. Já está quase certo que a grande área dos meus estudos será a Internet (algo como direito no ciberespaço, crimes virtuais, jornalismo online, enfim, cibercultura). Mas escolher uma única coisa para aprofundar está sendo difícil. Também não vou querer definir tudo o que vou fazer para o resto da vida no 4° ano de faculdade :P Mas seria bom ter um objetivo definido. Admiro as pessoas que conseguem ter alguma certeza na vida.
(Okay, nem todo mundo sabe o que quer, e é preciso aprender a conviver com isso)

* Como o trabalho era em dupla, meu tempo total de fala foi de 2,5 minutos. Como levo pelo menos 1,5 minuto para parar de gaguejar e começar a dizer algo com sentido (e isso vale não só para apresentação de trabalhos como para qualquer tipo de conversa), meu tempo de total de exposição com conteúdo não foi superior a 1 minuto. Basicamente, quando fui começar a dizer algo de relevante, meu tempo acabou, e já era a vez do trabalho seguinte. Limitações temporais deveriam ser abolidas :P

Marcadores:




Comentários:

Anonymous tina oiticica harris disse:
Aqui nos EUA ficou determinado que a adolescência termina aos 25. O fenômeno "geração canguru" é internacional.

Fiz arquitetura para sacar que não queria ser arquiteta. Fiz inglês. Um semestre em uma faculdade de prestígio me mostrou que meu caminho seria estudar no exterior.

Fiz pós em lingüística, em educação, fiquei incapacitada e ressurgi como blogueira. Se você tem dificuldade pra falar, faça como Demóstenes, ponha umas bolinhas de gude na boca e vá discursar à beira do mar.

Ou assuma que vai trabalhar em jornalismo. Sofrer é que não pode.
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Valeu pela ajuda :) A idéia das bolinhas de gude parece interessante :P
 
Anonymous Alessa disse:
Também senti isso, sabe? Todo mundo estava encaminhando seus projetos para o que definiram pro TCC, mas nós não...
A idéia é divertida e empolgante, mas ja nasceu com prazo de validade.
Imagina para mim, que nem quero a internet como área de trabalho?
O pior de querer seguir a linha sociologia/antropologia/política é que nem todo mundo tem paciência para projetos desenvolvidos nesta área. Atualmente as pessoas têm se empolgado tanto com a coisa da pós-humanidade (em todos os seus aspectos) que esquecem de pesquisar as bases da sociedade :(
Enfim... Penso que a idéia é divertida e tem potencial! E, para um projeto experimental, isto basta!
Mesmo que nosso projeto não tenha sido mostrado com tanta paixão, mesmo que não siga as linhas dos nossos tcc's, ao menos foi o mais EXPERIMENTAL de todos eles :)

Vou lá colocar umas bolinhas de gude na boca...

Não te estressa! Isso passa! :)

Méé's
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Pois é, ao menos dentre os trabalhos já apresentados, a nossa idéia era a mais fora do convencional. Se der certo, tem grandes chances de ser muito legal. Mas não passa disso :P
Bom, ao menos já tens uma linha/foco parcialmente definido para a vida pós-projeto experimental. Eu to completamente perdida :T

Onde é que se compra bolinha de gude hoje em dia? Loja de brinquedo? :P
 
Blogger Gilberto Balbela Consoni disse:
Não sei se lembras quando falamos sobre a apresentação de Projeto Experimental I. Mas, tive a frustração de passar um semestre fazendo um trabalho para apresentar em cinco minutos. Achei certo descaso com todo o trabalho que tive na época. Ah, e acho que a maioria tem o mesmo problema de gaguejar e perder metade do tempo até iniciar a apresentação. Lembro que essa apresentação parecia a propaganda política do Enéias. Ao menos não precisávamos contar com o voto de várias pessoas, só do professor que pelo que vi já estava predefinido mesmo antes de iniciar a apresentação. TIPO: apresenta logo que não temos muito tempo a perder :/ Poo, depois de meses fazendo o trabalho...
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner