quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

  De volta ao mundo real

Passei os últimos dias em outro "país" (se é que dá para considerar o Uruguai como exterior - em tese, a fronteira fica a menos de 60km daqui, embora na prática a gente tenha viajado quase 500km), totalmente desplugada do resto do mundo. Não é que fosse impossível habilitar o celular para funcionar por outra operadora, que o quarto do hotel não tivesse televisão, ou que não houvesse cibercafés por lá, mas simplesmente preferi passar o período inteiro longe de toda e qualquer bugiganga hightech. Nos primeiros dias foi difícil resistir à tentação de entrar em contato com o resto do mundo. Mas lá pelo terceiro dia já parecia que a existência do computador, do telefone e da Internet já não faziam mais sentido. No quarto dia, comprei um El País para saber o que acontecia ao meu redor (no fundo, queria desesperadamente saber sobre os fatos do mundo). Ainda bem que no jornal predominava a narração de fatos ocorridos no próprio Uruguai, praticamente ignorando o que acontecia nos outros países - tinha uma breve nota sobre o Carnaval no Rio, e uma que outra linha sobre as insanidades que as celebridades cometem para chamar a atenção da mídia. No quinto dia (também conhecido como "hoje"), voltei. E percebi que ficar cinco dias longe de tudo faz uma baita diferença em termos de organização e de produtividade.

Conseqüências bizarras da escapada tecnofóbica:
- Pela primeira vez em quatorze anos de estudo faltei a um primeiro dia de aula. Eu acho divertido ir a primeiros dias, primeiro porque ninguém vai, e também porque geralmente é nesse dia que são mostradas as diretrizes gerais que irão nortear o período letivo (okay, desisto... ir ao primeiro dia é completamente inútil);
- Absolutamente ninguém me telefonou ou mandou mensagem durante o período em que meu celular permaneceu fora da área de cobertura (ao menos é isso que atesta a total ausência de mensagens de aviso de ligação perdida ou algo parecido ao ligar o telefone quando estava no Brasil). Em compensação, bastou eu ligar o aparelho para que ele tocasse umas três ou quatro vezes na corrida. Lei de Murphy ao contrário?
- Um zilhão de e-mails não lidos, dos quais pelo menos 70% é puro entulho propagandício. E preguiça total para lê-los (melhor: falta de ânimo para tentar - como diria o presidente Lula - separar o joio do trigo).
- Uma péssima notícia de falecimento ocorrida no período. Embora fosse parente relativamente distante (tia avó, mas com nível de afetividade e idade para ser simplesmente tia), tratava-se de uma pessoa muito bacana, o que permite refletir: por que as pessoas boas morrem por motivos cruéis? (no caso, foi câncer - com direito a sofrimento longo e tortuoso).

Enfim, a vida continua. Amanhã (re)começa o retorno à rotina, tanto acadêmica quanto do blog. Por que a primeira lei de Newton insiste em atacar em fim de férias?

Marcadores:




Comentários:

Blogger Edison disse:
E o Uruguai, como é? Quero conhecê-lo.
 
Blogger Sagá disse:
Viver rotinas e realidades diferentes sempre nos faz bem!

Mesmo sendo pertinho, aposto que vale mto a pena =)

Beijão
 
Anonymous Alessa disse:
Carnaval no exterior!! \o/ Uhull!!
Espero que tenha sido divertido!
O carnaval aqui em São Miguel não tem NADA de divertido... :\ Só a minha irmã... esta sim é garantia de risos!

Só volto para a rotina acadêmica na segunda-feira e não me sinto culpada, já que esta é a minha única semana de "férias plenas" e não as costumeiras semi-férias. Estou tão absorta no Plano de Descanso que nem comprei meu "material escolar" ainda :P

Já entregou o presente para o Superman??
ahiuahiuahuia

Bjos

PS.: Em 14 anos de estudo eu NUNCA fui a um primeiro dia de aula!
Ok... nunca é demais... talvez eu tenha ido ao primeiro dia de aula da 1ª série... :P
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner