domingo, 29 de janeiro de 2006

  Jornalismo online

Muito interessante o artigo "A New Media Tells Different Stories", de Bruno Giussani, na revista online First Monday, edição de 7 de abril de 1997. Com uma linguagem simples, o jornalista fala dos avanços conquistados no jornalismo online até então, e do muito que ainda está(va) por vir dali em diante. O que mais espanta é que suas palavras permanecem atuais, mesmo tendo sido escritas há quase 10 anos!
Giussani fala da internet como um novo tipo de mídia, e que, portanto, faz surgir um novo tipo de jornalismo, com sua linguagem e estilo característicos. Entretanto, esse novo meio, que agrega não só informação textual como também imagens e áudio, ainda precisa(va) se consolidar. O autor destaca os três conceitos fundamentais dessa nova espécie de jornalismo: diversidade, comunidade e movimento.

"The fact that all of these media are now one unique medium, a series of zeroes and ones aligned in sequences, brings forth to the journalist a diversification of points of view, an increased pressure on mastering technique and above all - because the capacity of the medium is virtually without limits - a complete reversal in journalistic judgment."


O jornalismo na web destaca-se pela versatilidade. Até mesmo a noção de tempo dos jornais impressos (e as constantes submissões a prazos e limites para entrega de matérias) acaba sendo alargada, pois na internet uma notícia pode ser publicada a qualquer hora. As limitações de espaço também são abolidas: é possível aprofundar bem mais os acontecimentos a serem descritos.
Outra característica importante desse novo meio é permitir a interação entre o público leitor entre si, e entre o leitor e o autor de uma notícia. Criam-se verdadeiras comunidades de leitores, que passam a discutir os assuntos em um fórum na página do jornal. As barreiras geográficas são abolidas: cada vez mais o jornal tem deixado de ser um produto para se ler, para se tornar bem mais um lugar para se visitar:

"The newspaper is no longer a product. It becomes a place. A place where people from the community stop by, make contacts and come back again to build a common future."


E, por fim, há também a questão da hipertextualidade, levada aos extremos no mundo online: os hyperlinks permitem uma maior mobilidade entre os textos, e possibilita que se aprofundem determinados assuntos que possam interessar certos leitores mais exigentes, o que faz com que o jornal online seja uma verdadeira teia (web) de assuntos que se entrelaçam.

"By taking advantage of the unlimited virtual space we call cyberspace, it would be possible - and in a sense it is already - to satisfy the interests and the level of knowledge of each and every single reader."


Enfim, todos têm a ganhar com o jornalismo online: as leituras tornam-se mais específicas (sem as limitações de espaço e conteúdo das edições em papel), fica mais fácil de navegar entre notícias (é como se elas não fossem mais descartáveis: é possível acrescentar dados, voltar, avançar, continuar, aumentar, sem que se percam informações importantes)... Enquanto que a notícia do dia anterior no jornal de papel vira embrulho para peixe, a notícia online pode ser constantemente reciclada: "today's breaking news, tomorrow's fish wrap".

Marcadores:




Comentários:

Blogger Bruno Lovatti disse:
\o/

Terei aula de Jornalismo On Line no 4º período!

\o/

Já teve?

o.O
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner