sábado, 13 de outubro de 2007

  Furto de hora

Comentário do Gilberto hoje aqui no blog:

“Ah, hoje é dia de escreveres sobre aquela hora que nos roubam todos os anos :p”

Então, vamos ao post!

Primeiro, as imprecisões técnicas: não é roubo, é furto. Roubo pressupõe violência ou grave ameaça. E, ao que consta, embora sejamos forçados a adiantar os relógios à meia noite do dia de hoje, o governo não planeja valer-se de sua prerrogativa do monopólio do uso da força em uma sociedade moderna para nos impor, mediante atos coercitivos cruéis, a subtração da referida hora. Já o furto se consuma quando se subtrai coisa alheia móvel, independente dos modos empregados para tanto. Considerando o tempo como algo móvel (mais especificamente, bem imaterial, suscetível de propriedade intelectual), chegamos à conclusão de que o que o governo faz, ano a ano, nada mais é do que um furto. Um furto qualificado pela destreza (artigo 155, §4°, inciso II do Código Penal), é verdade, mas um furto.

De qualquer modo, já virou tradição aqui no blog criticar o fato de que “o governo” nos toma uma hora em pleno fim de ano - época em que mais precisamos de tempo para fazer as atividades típicas de final de semestre - para nos devolver só lá no começo do ano seguinte, em plenas férias. Absurdo. Parece que eles querem nos forçar a trocar uma hora a menos de produtividade em outubro, por uma hora a mais de lazer em fevereiro... Não temos nem ao menos o direito de escolha?

--

Em tempo: O horário de verão tem lá suas vantagens, é verdade. E é até interessante ter horas a mais de sol por dia :)

Marcadores: ,




Comentários:

Anonymous Ostrock disse:
Discordo da sua tipificação pois, neste caso ocorre furto de uso, ou não uso, para que a população gaste menos energia durante o período, e a hora é então devolvida antes que nos acostumemos com sua ausência, ou quando estamos quase acostumados.
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Pois é, lembrei do furto de uso logo após a publicação do post... Mas caracterizar a hora que acaba de nos ser 'furtada' como furto de uso acabaria com toda a graça do post, até porque furto de uso não é tipificado como crime no direito brasileiro :/

Já "furto de não uso" é divertido :D
 
Anonymous tina oiticica harris disse:
Para mim é chato porque a difereça passa a ser de menos cinco horas Los Angeles. Difícil, né?
 
Anonymous vejo tudo e não morro disse:
o mundo do Direito não cansa de me surpreender...

o pior é que nos furtam uma hora da noite, justo da noite! assim ficamos com menos tempo pra tomar ceva, pra curtir um show, etc, etc... um absurdo! devemos nos aliar ao movimento de luta contra a lei da gravidade e lutarmos também contra o furto de uma hora das nossas madrugadas!
 
Blogger XD disse:
aqui não tem horário de verão! Mas nem adianta muito, porque parece que a gente vive em função da programação da televisão e todo mundo quer correr pra chegar em casa mais cedo pra não perder a novela preferida ¬¬.
Aqui tem horas de sol além da conta. Se eu pudesse te mandava metade delas em troca de pelo menos 1 hora de friozinho. =~~ Hehehhhe!!
=D
 
Anonymous Ariadne Celinne disse:
Ah... odeio horário de verão, ainda mais agora que eu estava acostumando o meu organismo a acordar 1 hora e meia antes... agora só tenho meia hora.. dá para fazer alguma coisa? kkk
*é... sou daquelas que dormem cedo...
mas o pior é EM FEVEREIRO qdo você sai de casa para ir ao colégio e está tudo escuro ¬¬.
rs
 
Blogger Adriana Amaral (Lady A.) disse:
pra mim não adianta nem a justificativa do sol, pois dou aulas à noite :( odeio esse maldito horário
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner