sábado, 11 de agosto de 2007

  Identidade revelada

Sei que levei tempo demais para confessar isso, mas agora que fomos descobertos, é melhor revelar logo o problema. Nesses dois anos de blog, fui aos poucos instalando em mim a (vã) certeza de que nunca descobririam minha real identidade. No começo, cheguei a ensaiar mentalmente posts sobre como traria essa revelação. Alguns ficariam surpresos, eu sei. Mas seria melhor anunciar tudo de uma vez só, assim, de baque, e sem aviso prévio. Assim como eu, deveria existir outros tantos por aí na mesma situação. Mas aos poucos fui pegando gosto pela coisa. E percebendo, através dos comentários, que as pessoas acreditavam no que eu dizia. De uns tempos para cá, passei a ter total confiança. Confiança de que nunca descobririam minha identidade. Só que agora é tarde. O Estadão descobriu tudo. E ainda revelou para toda a mídia de massa: eu sou, na verdade, um macaco. Assim como todos os blogueiros.

Todo mundo sabe que nós, macacos, ficamos em laboratórios digitando aleatoriamente caracteres, em busca de uma perfeição textual superior a dos humanos (exemplo prático, em versão 5k). Temos um cérebro menor. Entretanto, nossa capacidade de repetir ações mecânicas é insuperável, pois não temos a consciência, inerente aos humanos, de que estamos sendo explorados para desenvolver atitudes repetitivas. E não temos medo de repetir palavras. De repetir idéias. De dizer mais de uma vez a mesma coisa. De falar de novo o mesmo em outras termos. Até porque não temos a mínima noção do que escrevemos. E também não temos a menor preocupação com a qualidade – afinal, escrevemos blogs. E somos macacos. Macacos que escrevem blogs de e para seres humanos. Óbvio que é impossível que dessa combinação saia algo de qualidade... Informação confiável as pessoas têm na mídia de massa. Informação confiável, na internet, só tem no Estadão.

Portanto, não acredite em nada do que diz este blog. A começar por este post. Macacos não são nada confiáveis.
(Ou pare de ler o Estadão, como preferir).

--

Mais sobre a guerra declarada entre Estadão e Blogs

Estadão faz campanha contra os blogs (Brainstorm #9)
Estadão contra os blogs? (Pensar Enlouquece)
Comercial da campanha (YouTube)
Primeiro encontro de blogueiros depois do top 100 (O Fim da Várzea)
estadão e a cretinice (Bereteando)

Marcadores:




Comentários:

Anonymous Rodka disse:
Amen to that!
Isto que o Estadão fez foi um marco na Internet 2.0.
Muitos de nós teremos que nos revelar agora.
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Até que é divertido ser macaco. Tem vários macos hipercriativos à solta por aí :P
 
Blogger Gabriela Zago disse:
*macacos :P
 
Blogger ~*Vica*~ disse:
Eu acho que dar bola pra isso, para citar Shakespeare (já que blogueiro só copia mesmo) é "much ado about nothing".
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner