sexta-feira, 16 de dezembro de 2005

  Entediante

Existe a palavra entediante? O dicionário do Word (uau, grande autoridade!) acusa a existência apenas de tedioso como uma possível adjetivação à palavra tédio. Mas e o entediante? As duas palavras podem parecer, mas não significam a mesma coisa. A distinção é por vezes bastante sutil, mas, (ao menos para mim), entediante poderia ser dito de algo que tem por ação ou efeito provocar tédio. Tedioso, por sua vez, seria uma característica inerente a certas coisas, que faz com que elas, por si sós, representem o tédio. Assim, uma coisa tediosa não precisa necessariamente ser entediante; bem como algo entediante não necessita ser obrigatoriamente tedioso. Posso muito bem me entediar fazendo algo divertido, e, para mim, tal coisa terá sido entediante. Se, por outro lado, eu conseguir me divertir com uma coisa tediosa, quem sou eu para tachá-la de entediante? (seria esta a mesma distinção que se faz de juízo de valor e juízo de realidade? — o primeiro está na cabeça da pessoa que vê a coisa, enquanto que o outro está fora do ser que analisa o objeto: representa a opinião média acerca do assunto).

O pequeno grande dicionário Michaelis/Uol prefere simplificar as coisas, e dá para o singelo adjetivozinho tedioso uma definição que parece combinar mais com um verdadeiro entediante (mas que resume muito bem a intenção que ser quer manifestar tanto com um quanto com outro):

te.di.o.so adj. Que inspira ou causa tédio.

Por fim, para tentar provar minha teoria de que a palavra entediante existe, eis um gráfico toscamente produzido no MsPaint:


E então, este post é tedioso ou entediante? :P




Comentários:

Anonymous Leandro Campos disse:
Esse assunto é realmente entediante!Mas enfim serviu para algo,estava vendo uma etiqueta da puma onde eles tiram a maior onda de ser uma marca chique e cheia de estilo e reparei que em um quadro ridículo estava escrito intediante,então fiquei em duvida mas quando fui procurar a verdadeira palavra ela naum aparece em nenhum dicionário de nenhuma forma,fiquei indignado mas por fim descobri em um antigo dicionário a palavra entediante ,e olhando no google vi seu artigo que confirmou a versão do dicionário,mas o que vc e eu faziamos indo atrás de assunto tão entediante ai já naum sei!um abraço e obrigado por desenterrar comigo essa palavra pelo menos o discurso do lula agora tem uma definição!
 
Anonymous Leandro Campos disse:
Agora que reparei que estou somente um ano atrasado no comentário...ehehehe!fazer o que né?provavelmente Gabriela vc nunca vai saber que apesar de com um ano de atraso alguém comentou sobre este post fazer o que...pelo menos c vc der o azar de ver isso fica registrado que um ano se passou e o entediante continua marginalizado!
 
Blogger Gilberto Balbela Consoni disse:
Poo, sacanagem!!! Girar o monitor pra poder entender o gráfico não vale :p

Mas, já havia pesquisado isso em um dicionário também, pois o meu Word também ignora a existência da palavra.

E te mete hein, primeira na lista de resultados do Google :p
 
Blogger mypcismy disse:
Olha..se 1 ou 2 anos se passaram não importa,importa mesmo é que ao menos uma pessoa (eu) se sentiu de certa forma beneficiada com essa sua ...vamos dizer epopéia auto-biografica.Estava justamente entediado quando resolvi procurar no dicionarios da web a existência ou não da tal citada quando me deparei com sua "obra",confesso que ajudou a retardar o processo e me senti mais seguro e feliz ao saber que ainda que remota exista vida inteligente na internet.Obrigado por fazer me sentir melhor...daqui pra frente adotarei esse critério quando me deparar com algum tipo de anseio: buscarei ajuda de remanescentes intelectuais na web.
Valeu mesmo!
 
Anonymous Edison disse:
Muito bacana essa reflexão linguística. Gostaria fomentar a discussão com outro par de palavras: contagiante e contagioso.
Que tal?
 
Blogger Shadow Sagara disse:
Não seria o caso de usar a palavra monótono?
 
Blogger Gabriela Zago disse:
Hm, pode ser... mas há casos em que uma coisa é entediante, sem ser monótona -- ou o tédio seria apenas uma subespécie de monotonia?
 
Anonymous Anônimo disse:
Nossa q interessante...recebi um post com esse link por uma simples frase q publiquei em uma revista .Bom q seja ...liberdade poética.
Parabéns, bela reflexão.Nem um pouco entediante!!!!rsrs
"Era um dia monótono, entediante, pra ser mais exata."
 
Anonymous Anônimo disse:
sou tradutor, e de repente - num texto inglês para português - me defrontei com esta questão :-) ... usei "entediante", que me parecia ser correto, e o Word apontou como incorreto. O google, quando eu quis confirmar, me trouxe aqui. Li os comentários de vocês e usei "entediante" sim, fiquei convencido que se não existe, tá na hora de começar a existir. Ainda que o word siga manchando o texto com a linha vermelha... thanx ! zeca
 
Anonymous Anônimo disse:
post muito doido! parabéns.
 
Anonymous Djuliana disse:
E te mete hein, primeira na lista de resultados do Google :p

meus parabéns pelo post, irá ser lido por várias pessoas que jogam "entediante" no google para saber se existe :D
 
Anonymous Anônimo disse:
"Entediante, me senti entediado por não estar esclarecendo o que me entediava, e por não ter encontrado um significado a altura". Dudz

p.s: Agora sim resolvido! - E o tempo passa!...
 
Blogger Carla F. disse:
Excelente discussão, parabéns! Também acho que devia começar a existir... para quando uma petição online? ;)
 
Anonymous Anônimo disse:
Obrigado por Blog intiresny
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner