sábado, 3 de dezembro de 2005

  ACD - parte 2

Texto do dia: "Análise de Discurso Crítica: do modelo tridimensional à articulação entre práticas sociais" (Resende e Sebba)

"A Análise de Discurso Crítica (ADC), disciplina com amplo escopo de aplicação, constitui modelo teórico-metodológico aberto ao tratamento de diversas práticas na vida social."

O modelo tridimensional a que se refere o título foi proposto por Fairclough, na obra "Discurso e mudança social". De acordo com esse modelo, há três enfoques a se considerar na ACD: texto, prática discursiva e prática social (um englobando o outro, sendo a prática social aquele que engloba tudo). A análise do texto envolve questões como vocabulário, gramática, coesão e estrutura textual. A prática discursiva compreende a produção, distribuição, consumo do texto, contexto, força, coerência e a intertextualidade. Por fim, a prática social corresponde à ideologia e à hegemonia.
Halliday propõe três funções da linguagem que atuam nos textos: ideacional, interpessoal e textual. Num primeiro momento, Fairclough subdivide a função interpessoal em funções indentitária e relacional. Mais recentemente, o mesmo autor propôs uma articulação entre as funções de Halliday e os conceitos de gênero, discurso e estilo, sugerindo, no lugar das funções, três tipos de significados: o significado acional (espécie de fusão das funções relacional e textual; trata dos gêneros), o significado representacional (correspondente ao ideacional no modelo anterior; esfera dos discursos) e o significado identificacional (estilos). E assim, modernamente [?], a prática social se daria numa relação dialética e indissociável entre esses três significados, e a ACD teria por função a tentativa de desarticular as estruturas de dominação, desmascarando a ideologia por trás dos discursos [!].

"O discurso é compreendido como um elemento da prática social, modo de ação sobre o mundo e a sociedade. O discurso, então, é socialmente constitutivo - por meio do discurso se constituem estruturas sociais - e constituído socialmente - os discursos variam segundo os domínios sociais em que são gerados, de acordo com as ordens de discurso a que se filiam."

---

Obs.: Não sei se entendi o texto direito. Mas a saga pela compreensão do que é a Análise Crítica do Discurso continua... Ainda tenho bastante tempo (leia-se 'férias inteiras pela frente') para tentar entender o que é, exatamente, a tal da ACD (ou ADC... há um plano malévolo no universo que almeja a confundir todos nós...)...


flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner