terça-feira, 13 de setembro de 2005

  Fragmentos de um dia que não quer terminar

Hoje eu me senti um resultado parcial da Tele-Sena de Primavera (aquele que o SBT informa "de hora em hora")... A cada hora exata, saía eu, a câmera e o chaveiro-sapo em direção à faculdade para bater a foto. Se elas saírem ruins eu juro que... que... ah, sei lá. Juro que não bato tudo de novo, e entrego do jeito que estiver :P

Obs.: Mais detalhes no flog.

----

Metas (cumulativas):
+ Não dormir às 4h.
+ Não acordar às 7h.
+ Não tirar fotos de hora em hora.
+ Não ir à faculdade quando não tem aula.
+ Não ir ao supermercado no meio da tarde.
+ Não levar filmes para revelar a mais de 10 quadras de casa.
+ Não ir para a aula de francês com sono.
Ou ao menos não fazer tudo isso no dia em que a última coisa a ser feita seja um trabalho de Semiótica que exija que se pense muito, que se espremam muitos miolos, que se raciocine em demasia. Depois de um dia como esse, não é de se espantar que eu tenha levado 10 minutos para me lembrar qual era o meu nome. E tenha sido obrigada a reconhecer a própria ignorância e pedir para a professora explicar o humor da tirinha do Garfield (objeto de análise), já que, 1 hora e meia depois, eu ainda não tinha conseguido entender, e precisava analisar os planos sintático, semântico e pragmático valendo 15% da nota total do semestre.

----

Sabe quando os pensamentos simplesmente não vêm? Ou se vêm, aparecem em total desarmonia, é cálculo de subsídio de vereadores pra cá, lista de compras no supermercado pra lá... Você tenta puxar na memória, e não consegue lembrar o nome do dono do Garfield. E nessa tentativa emocionante de ordenar pensamentos desconexos, você nem se dá conta de que o nome se encontra na parte inferior do texto. Aaaah.

----

Nova frase célebre surgida no porão da fila dois: "O Direito é legal". Tudo no duplo sentido... :D

----

Por que é tão difícil calcular os subsídios dos vereadores? Tem de ser sabe-se lá quanto % do salário do deputado estadual, que por sua vez precisa ser de 75% do deputado federal, que por sua vez tem como teto o salário do Ministro do STF, QUE, por sua vez, está limitado conforme o artigo 37 XI da Constituição Federal (!!)... E ainda tem limitações no tocante à porcentagem máxima que pode ser gasta com o Legislativo Municipal, considerando-se que no máximo 70% devem ser gastos com pagamento de funcionários (servidores E vereadores), e o total de despesas do vereador (70% de alguma porcentagem qualquer) não pode passar de 5% do total da arrecadação do município, dividido pelo número de vereadores da cidade, dividido por 12, que são os meses do ano. AAAAhhh.. É muito cálculo!!!! (Prova de Direito Financeiro amanhã às 10h!!!)

----

Decidi que não faço mais rascunho. Agora vai tudo na bucha. Não deleto mais o que escrevo. "Viver é desenhar sem rascunho." Pois vou aplicar isso a tudo quanto é coisa que eu for vir a fazer. Provas, trabalhos, posts, yadda yadda.

----

Meu organismo grita: durma! E o mais estranho é que parece que ainda nem acordei.



Comentários:

Blogger Sarah Ribeiro disse:
hahahaha
achei engraçado tudo isso...
as vzs tbm me sinto assim...
e parece que quando estamos com sono é que viajamos mais, não é verdade?
 
Anonymous Carol disse:
bem profundo a ultima frase, heim bi...
aff... pensei q o seu dia ontem tinha sido mais divertido :P
durmiu direitinho hj? espero q tenha passado o dia pra descansar!
bjão
 


Participe desta conversação :)



<< Voltar para o blog
flickr
   

 feed

receba as atualizações do blog por e-mail



categorias academicismos
amenidades
blogs
direito
filmes
google
internet
livros
memes
mídia
orkut
politiquês
querido diário
stumbles
tecnologia


sobre
about me
del.icio.us
flickr
last.fm
orkut
43metas
nano novel
textos
flog
stumbleupon
Gilmore Girls





blogroll
animaizinhos toscos
argamassa
ariadne celinne
atmosfera
bereteando
blog de lynz
blog del ciervo ermitaño
direito de espernear
direito e chips
dossiê alex primo
efervescendo
enfim
every flower is perfect
garotas zipadas
giseleh.com
grande abóbora
hedonismos
il est communiqué
jornalismo de resistência
jornalismo na web 2.0
lavinciesca
marmota
novos ares
pensamentos insanos
rafael gimenes.net
reversus
sententia
universo anárquico
vidacurta.net
vejo tudo e não morro
w1zard.com


arquivo
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007


etc.










Save the Net

Stumble Upon Toolbar

Creative Commons License

Official NaNoWriMo 2006 Winner